Posted on

Motoristas têm 10 minutos para passar pelo espaço sem pagar. Procon sugeriu que esse tempo seja ampliado. Empresa tem 72 horas para responder. Mapa do estacionamento e área de embarque e desembarque do Aeroporto de Florianópolis

O Procon de Florianópolis notificou nesta terça-feira (15) a empresa que administra o Aeroporto Internacional Hercílio Luz. O motivo é o tempo destinado aos motoristas na área de embarque e desembarque. Atualmente, os condutores têm 10 minutos para passar por esse espaço sem pagar. O Procon sugere que esse tempo seja ampliado.

A Floripa Airport informou que só vai falar sobre o caso após responder a notificação. A empresa tem 72 horas para se manifestar junto ao Procon.

Reclamações e esclarecimentos

O órgão municipal informou que recebeu muitas reclamações sobre o caso e que pediu esclarecimentos sobre como os motoristas devem proceder.

De acordo com a empresa que administra o aeroporto, a área de estacionamento é diferente do espaço para embarque e desembarque (veja no mapa acima). No estacionamento, são cobrados R$ 12 por quatro horas. A partir da quinta hora, o preço é de R$ 25 por 24 horas.

Em relação à área de embarque e desembarque, os primeiros 10 minutos são de graça. A partir daí, o motorista precisa pagar R$ 20 a cada 10 minutos ultrapassados do tempo gratuito.

“Entendemos que esses 10 minutos podem ser insuficientes no momento em que nós temos viajantes cadeirantes, nós temos cegos, temos idosos, nós temos famílias que viajam com crianças, o volume das bagagens é bem maior. Isso tudo demanda um tempo a mais”, afirma a diretora do Procon de Florianópolis, Elisabete Fernandes.

“Nós levamos essa parte do consumidor, essa sensibilidade e eles ficaram de avaliar essa questão do tempo e nos dar uma resposta nas próximas 72 horas”, continua a diretora.